5 associações de recicladores no Peru inauguram centros de armazenamento

 

Reciclaje logro 2

No Peru, recicladores que trabalha na coleta de materiais de maneira informal são reconhecidos agora formalmente nos sistemas municipais de gestão integral de resíduos

No Peru, 80 recicladores que trabalham na coleta de materiais de maneira informal conseguiram constituir cinco associações que cumprem os requisitos da Lei do Reciclador, instrumento legal peruano que permite a integração formal dos recicladores aos sistemas municipais de gestão integral de resíduos.

Graças a um projeto estratégico realizado no Peru no âmbito da Iniciativa Regional de Reciclagem Inclusiva, esses recicladores receberam treinamento técnico, vacinação, equipamentos e adotaram rotas de coleta seletiva de resíduos sólidos.  Nas cidades de Chancay, San Juan Bautista, Arequipa, Tiabaya e Cayma (que juntas possuem 450 mil habitantes), as organizações iniciaram a gestão autônoma de centros de armazenamento, com capacidade para 70 toneladas de material reciclável por dia. Essa conquista melhora a posição dos recicladores na cadeia de valor.

Outro resultado a ser destacado é que os próprios municípios se comprometeram e investiram na capacitação dos recicladores, facilitaram a obtenção de terrenos para os centros de armazenamento e se responsabilizaram pela logística do transporte e da conscientização de porta em porta, para conseguir a adesão e colaboração dos vizinhos no sentido de entregar seu lixo separado aos recicladores. Graças a esse movimento, empresas locais também estão entregando seus resíduos separados às organizações e as universidades colaboram para a conscientização de porta em porta, para garantir maior fluxo de material.

A Fundación Avina acompanhou a elaboração, negociação e execução desse projeto estratégico para o fortalecimento dos recicladores, assim como o estabelecimento e gestão sustentável dos centros de armazenamento.

Principais parceiros neste resultado: Iniciativa Regional para a Reciclagem Inclusiva, Divisão de Água e Saneamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Fundo Multilateral de Investimentos do BID, Coca Cola América Latina, PepsiCo, Rede Latino-Americana de Recicladores, Ministério do Ambiente do Peru, Natura, San Miguel Industrias, Grupo Ciudad Saludable.

Países impactados: Peru

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no Google+