Amêndoa chiquitana: uma estratégia para o desenvolvimento da economia local

 

Bioma logro 2Entre novembro de 2014 e março de 2015, 32 mil plantas de amêndoa chiquitana produzidas a partir de sementes selecionadas foram semeadas na Bolívia nos municípios de Concepción, San Ignacio e Lomerío. Outras 30 mil plantas foram produzidas e estão sendo plantadas desde novembro de 2015.

Esse esforço tem como objetivo incentivar a economia local e a resiliência frente às mudanças climáticas para melhorar as capacidades de coleta silvestre e transformação primária dessa amêndoa em comunidades indígenas chiquitanas e gerar um impacto especial na economia das mulheres indígenas. A amêndoa chiquitana destaca-se por conter muitas proteínas e minerais.

Além disso, o reflorestamento está diretamente relacionado a um sistema inovador de produção silvipastoril, onde o gado bovino de produtores privados e comunitários aproveita o valor de forragem da amêndoa (que amadurece na época da seca), gerando assim uma simbiose e cooperação
entre produtores privados e comunidades indígenas, que se beneficiam da coleta para complementar suas rendas familiares. Esse resultado já é uma política pública que também articulou atores do governo federal e local, organizações sociais e empresas privadas.

Essa iniciativa de reflorestamento é a maior já empreendida até o momento na região da Chiquitania e a dimensão alcançada gerou processos de seleção e aprimoramento genético para aumentar a qualidade e rendimento desse alimento tão valioso.

Esse é o resultado e a ampliação da parceria entre a Fundação para a Conservação da Floresta Seca Chiquitana, a Associação de Grupos Coletivos de Trabalho MINGA, o Fundo Nacional de Plantações Florestais da Bolívia (FONABOSQUE), comunidades indígenas chiquitanas e muitas outras organizações de cooperação e produtores privados que também se uniram

à causa. Na Bolívia, 31 comunidades indígenas chiquitanas foram beneficiadas com um total de superfície superior a 600 hectares, incluindo a proteção para o período 2015-2016 que se encontra em plena execução.

Parceiros neste resultado: Skoll Foundation, Fundação para a Conservação da Floresta Seca Chiquitana, Associação de Grupos Coletivos de Trabalho MINGA, Fundo Nacional de Plantações Florestais da Bolívia (FONABOSQUE)

País impactado: Bolívia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no Google+