Gestores comunitários de água recebem o apoio do governo da Costa Rica

 

Acceso al Agua logro 1

Presidente executiva do Instituto Costarriquenho de Aquedutos e Esgotos, Yamileth Astorga, durante a apresentação da “Política de Organização e Fortalecimento da Gestão Comunitária dos Serviços de Água Potável e Saneamento”

Mais de 1.400 Associações Administradoras de Sistemas
de Aquedutos e Esgotos (ASADAS) na Costa Rica, formadas por 12 mil cidadãos que são responsáveis por 25% do abastecimento de água potável no país, receberam o apoio do governo e serão beneficiadas com a aprovação da “Política de Organização e Fortalecimento da Gestão Comunitária dos Serviços de Água Potável e Saneamento”, apresentada em outubro de 2015 pelo Instituto de Aquedutos e Esgotos da Costa Rica.

Essa política nacional possui cinco eixos estratégicos: nova cultura da água, fortalecimento institucional, fortalecimento de capacidades para a prestação dos serviços, fortalecimento de parcerias e ordenamento da gestão dos serviços.

O processo de criação da política incluiu consultas participativas com atores comunitários de todas as regiões para analisar os principais pontos fracos e fortes das associações, assim como a formulação de propostas para fortalecer sua organização e operação.

Além disso, na apresentação oficial da política, o presidente da Costa Rica, Luis Guillermo Solís Rivera, e o ministro do Ambiente, Edgar Gutiérrez Espeleta, decretaram o dia 14 de setembro como o Dia da Gestão Comunitária da Água, em um ato público na presença de milhares de gestores comunitários

de água. A Costa Rica é o primeiro país do mundo a declarar oficialmente um dia do ano para comemorar e reconhecer o trabalho desinteressado dos gestores comunitários da água. O presidente explicou que os esforços dessas associações permitiram o desenvolvimento da população, ajudaram a eliminar ciclos de pobreza e colaboraram para a conservação das fontes de água.

Atualmente, cerca de 70 milhões de pessoas na América Latina possuem acesso à água de qualidade graças ao trabalho dos gestores comunitários.

A Fundación Avina apoia diversas iniciativas vinculadas ao acesso à água na Costa Rica há muitos anos.

Principais parceiros neste resultado: Governo da Costa Rica, Presidência da Confederação Latino-Americana de Organizações Comunitárias de Serviços de Água e Saneamento (CLOCSAS), Instituto Costarriquenho de Aquedutos e Esgotos.

País impactado: Costa Rica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no Google+