Recicladores no Peru saem da linha de pobreza com um sistema de gestão de resíduos sólidos

 

IMG_5681

No Peru, 11 municípios, onde habitam uma população de quase 900 habitantes no total, adotaram sistemas de Gestão Integral de Resíduos Sólidos (GIRS) que incorporam os recicladores de base como atores chave para a gestão de resíduos em suas cidades. Os sistemas GIRS possibilitaram a formalização do trabalho de 215 recicladores (55% mulheres de 17 organizações), cujas capacidades foram fortalecidas nos níveis técnico, organizacional e empresarial.

Esses recicladores contribuem com a promoção ambiental em 80% das residências de cada distrito, organizam-se em rotas domiciliares e empresariais, e conseguem administrar autonomamente centros de armazenamento de material reciclável, o que lhes permite realizar um trabalho mais eficiente e melhorar suas condições de trabalho e suas rendas.

Como resultado desse esforço, a renda média da população beneficiada pelo projeto duplicou, o que permitiu que as famílias da população recicladora saísse da linha de pobreza. Além da mudança concreta na qualidade de vida dos recicladores diretamente beneficiados e dos habitantes das cidades, as lições aprendidas e metodologias aplicadas no projeto foram reunidas no Programa Nacional de Resíduos Sólidos, a cargo do Ministério do Ambiente do Peru (MINAM), um parceiro estratégico em todo o processo

Esses impactos foram possíveis graças à realização de um projeto estratégico financiado pela Iniciativa Regional para a Reciclagem Inclusiva (IRR), uma plataforma regional formada pela Divisão de Água e Saneamento e o Fundo Multilateral de Investimentos do BID, Coca-Cola América Latina, PepsiCo, Rede Latino-Americana de Recicladores e Fundación Avina. Nas comunidades locais, o projeto da IRR foi realizado pela Ciudad Saludable, com a colaboração do grupo Industrias San Miguel, Natura e o apoio político e estratégico do MINAM.

País impactado: Peru

Principais parceiros: Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ciudad Saludable, Industrias San Miguel, Natura, Ministério do Ambiente do Peru

Olhe para o Relatório Anual completo 2016 aqui.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no Google+