Criação do Fórum de Representantes do Chaco para a colaboração e a sustentabilidade

 

Captura de pantalla 2017-04-20 a las 16.32.58

Durante o III Encontro Mundial do Grande Chaco Americano, realizado em junho de 2016, em Villamontes, Bolívia, foi iniciado um processo de articulação trinacional de autoridades públicas e legisladores chaquenhos, que resultou na criação do Fórum de Representantes do Chaco, um mecanismo inédito que contribui para a governabilidade transfronteiriça da região.

Desde a sua criação, o Fórum iniciou uma dinâmica de trabalho de impacto e um esquema colaborativo entre diferentes instâncias públicas e organizações da sociedade civil da Argentina, Bolívia e Paraguai.  Como resultado, foram gerados acordos transfronteiriços para que, por meio da Oficina Técnica Nacional do rio Pilcomayo da Bolívia, sejam realizadas intervenções na bacia do rio Pilcomayo, que perdeu sua continuidade devido ao aterro, ocasionando a interrupção do ciclo de vida das espécies de peixes e transbordamentos na época de chuvas.

Essa intervenção técnica reduziu os riscos de inundações em 2016 e às comunidades indígenas ribeirinhas retomar a pesca artesanal, após cinco anos sem poder exercer essa atividade, que é fundamental para sua sobrevivência.  Em vista das mudanças climáticas na região e das intervenções que afetam o ecossistema, esse esquema colaborativo contribui para aumentar a resiliência frente a futuros desafios complexos.

O Fórum de Representantes do Chaco participou da Conferência Parlamentar das Américas (COPA) e fez uma apresentação sobre a problemática da região na XV assembleia geral da COPA, com a participação da sociedade civil chaquenha por meio da Redes Chaco. Por outro lado, no Fórum, foi assinado um acordo com o objetivo de administrar a Reserva Natural da Biosfera da Bacia do Pilcomayo.

Esse processo foi inspirado e acompanhado pela Fundación Avina e seus parceiros, organizados sob a liderança da Redes Chaco, que é credenciada pelo Fórum de Representantes do Chaco como contraparte da sociedade civil na gestão de agendas nos âmbitos ambiental, social e de produção.

Principais parceiros

Bolívia: Naturaleza Tierra y Vida (NATIVA), Oficina Técnica Nacional dos Rios Bermejo e Pilcomayo (OTN)

Trinacional (Argentina, Bolívia e Paraguai): Fórum de Representantes do Chaco, Redes Chaco 

Países impactados:

Argentina

Bolívia

Paraguai

Olhe para o Relatório Anual completo 2016 aqui.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no Google+